Skip to content

Depressão: saiba porque nós bombeiros devemos saber tudo sobre ela!

Suicídio e depressão

O suicídio está muitas vezes ligados a depressão. Nos quadros depressivos graves, a porcentagem de tentativa de suicídio é muito mais elevada e infelizmente o número de suicídios aqui no Brasil está crescendo a cada ano.

E nós bombeiros podemos e devemos salvar uma vida em casos de suicídio. Uma abordagem adequada e rápida exige preparo mental e físico do militar.

Afinal, a ação difere um pouco da negociação policial e, apesar da similaridade, o servidor não está tratando com um marginal e sim uma pessoa que, por vezes, está doente. É necessário uma atenção diferenciada.

Sobre a depressão

Saiba tudo sobre a depressãoNo geral, a depressão é uma doença multicausal e bastante complexa. Vários são os fatores que podem agravá-la a ponto de levar uma pessoa a tirar a própria vida. A doença pode levar a evolução progressiva levando o indivíduo à total falta de energia.

É bom destacar que o uso de drogas e álcool é um dos fatores que está mais fortemente associado a suicídios. Pois a droga e o álcool causam alterações do estado de consciência. Além disso, o uso dessas substâncias causam queda do sistema imunológico, orgânico e dano cerebral, que causa prejuízo na autodeterminação e autogerência.

Para nós bombeiros temos que ter uma abordagem diferenciada perante a situação de tentativa de suicídio. Basicamente, a abordagem psicológica, que tem como foco o convencimento da pessoa a não fazer aquilo. O próximo, caso os recursos se esgotem, é a intervenção física.

Infelizmente, nem todo mundo consegue um tratamento adequado contra a depressão o que agrava o quadro e o risco dela ter pensamentos suicidas é maior. Por isso, a escolha de um remédio para depressão deve ser acompanhada por um profissional para que o combate a doença seja efetivo.

Infelizmente, fatores psicossociais, como desemprego, aposentadoria, casamentos e separações conjugais, estão correlacionados com aumento nos índices de depressão. Tudo isso, infelizmente, não está em nosso alcance, mais um profissional de bombeiro bem preparado pode sim reverter esses casos.

Conclusão

Mas basicamente, na depressão a pessoa, em geral, apresenta diminuição da disposição para a vida, sentimentos de tristeza, desesperança, culpa, baixa autoestima, alteração da capacidade de sentir prazer, diminuição da capacidade da atenção e concentração e alteração no sono e apetite.

Com isso os sentimentos descritos podem estar tão intensos que a pessoa não consegue enxergar meios de como encará-los e o suicídio, então, passa ser cogitado como a única forma de controle sobre esses problemas. Além disso, muitos se sentem cansados de viver.

Deixo aqui embaixo um texto muito interessante do portal do G1 que fala o porquê a pessoa se mata. Veja:

http://g1.globo.com/sp/presidente-prudente-regiao/blog/psicoblog/post/por-que-uma-pessoa-se-mata.html

A importância do sono para o bombeiro

Importância do sono para o bombeiroTer um sono de qualidade é muito importante para o bombeiro ter um ótimo condicionamento físico.

Afinal, quando não dormimos bem, o corpo fica mais cansado e a mente mais agitada o que pode prejudicar no trabalho.

Além de descansar, o sono é importante para manter o equilíbrio do sistema imunológico, endócrino, neurológico e de diversas outras funções. Porvisso, o sono é tão importante para nossa saúde.

Mais importante do dormir muitas horas, é a qualidade do sono. Afinal, não adianta dormir 8 horas se não for de qualidade. Por isso, se você consegue ter um sono tranquilo e reparador, poucas horas são o suficiente.

Para saber se a quantidade de horas que você dorme é suficiente, basta notar como você acorda pela manhã. Se acordar disposto e com energia, é sinal que seu sono foi de qualidade. Já se você acorda cansado, é porque você precisa dormir mais e melhor.

O bombeiro que sofre com a falta de sono pode sofrer com a diminuição do vigor físico. Além disso, a falta de sono deixa o raciocínio mais lento o que pode ser crucial em momentos de ação do bombeiro.

Além disso, a falta de sono pode:

  • Afeta o equilíbrio, a atenção e a memória;

  • Fica mais suscetível a infecções;

  • Ocasiona dificuldade em adquirir conhecimentos;

  • Altera o humor e causa irritabilidade;

  • Causa sensação de olho pesado, sonolência e dor de cabeça.

Como dormir melhor?

SonoQualquer pessoa pode dormir bem sem precisar tomar nenhum remedio para dormir. Para isso é necessário ter hábitos saudáveis e investir em um colchão de qualidade e usar travesseiros adequados.

A alimentação tem um peso importantíssimo para se ter um sono de qualidade e combater a insônia.

A banana, por exemplo, é uma ótima fonte de vitaminas que tem um papel importante na produção de serotonina, hormônio que vai lhe deixar relaxado e proporcionar um sono de maior qualidade.

O triptofano é um aminoácido essencial, não produzido pelo organismo e que deve ser obtido pela alimentação. Ele atua como precursor da serotonina, hormônio importante para um sono de qualidade e responsável pela sensação de prazer e bem-estar.

E alimentos como atum, salmão, sardinha, leite, queijo, chocolate amargo, abacaxi, kiwi, aveia, linhaça, quinoa, lentilha, castanhas e sementes de abóbora são ricos nesse aminoácido importante para o sono. Sendo assim, o consumo desses alimentos é fundamental para um sono de qualidade.

O maracujá é outro alimento ótimo para o sono devido seu efeito calmante e que pode auxiliar no relaxamento antes de dormir.

A prática de exercícios físicos é necessário por que evita o sedentarismo e libera hormônios que são benéficos contra depressão, aumentam em 37% ou mais o período de sono das pessoas com insônia crônica, emagrece e proporciona uma sensação de prazer em razão das substâncias liberadas em nosso organismo.

Diversos estudos já demonstraram que pessoas que praticam atividade física, tem mais facilidade para dormir, conseguem relaxar e descansar mais fácil, tem um sono mais profundo, menos fragmentado e de qualidade, se sente disposto, obtém melhora na qualidade do sono e, consequentemente, na qualidade de vida.

O uso do travesseiro também é importante, pois o travesseiro, dependendo da forma como é utilizado, é fundamental para manter a coluna saudável por alinhar a coluna cervical com o tronco, permitindo a circulação sanguínea e os estímulos elétricos do cérebro ao corpo. Um travesseiro correto deve ser utilizado para evitar dores na coluna e costas, aumentando a qualidade do sono.

O colchão também é um fator determinante para a qualidade do sono, já que pode causar incômodos no momento que é destinado para o relaxamento.

Além disso, a escolha de um colchão de qualidade evita doenças crônicas como enxaqueca e problemas de coluna, além de evitar indisposições comuns de noites mal dormidas no dia seguinte.

Sendo assim, ao comprar o colchão, é preciso estar ciente de que esse não é só mais um acessório para casa, mas sim o local onde ele passará suas noites de sono e poderá relaxar seu corpo da maneira mais sadia.

A importância de um bom condicionamento físico para o bombeiro

A importância de um bom condicionamento físico para o bombeiro

Ser bombeiro é um sonho para muitas pessoas.

Além dos requisitos básicos, para ser um bombeiro é necessário ter um ótimo condicionamento físico.

Um bom bombeiro militar de ver ter força muscular, potência, resistência cardiovascular, resistência muscular localizada e flexibilidade.

E tudo isso se adquire através da prática regular da atividade física. Entenda que o exercício físico é a atividade física planejada, realizada de forma repetida para desenvolver ou manter o condicionamento físico.

O bombeiro é um profissional que é constantemente exigido fisicamente. Afinal, o bombeiro precisa apagar ou minimizar incêndios, resgatar pessoas em situação de perigo, salvaguardar bens materiais, ajudar e fornecer assistência nos desastres naturais e nos acidentes causados pelo homem.

Só para ter uma ideia, a roupa que o bombeiro precisa usar pesa aproximadamente 15 quilos, o que equivale a uma perda de 20% na capacidade cardiorrespiratória.

Mais o equipamento para incêndio, soma aproximadamente 30 quilos. Além da mangueira de 30 metros, sem a força da água sob pressão, pesa mais ou menos 10 quilos, por isso se faz necessário adquirir um ótimo condicionamento físico para desempenhar de forma satisfatória sua missão.

E para ter esse ótimo condicionamento físico o profissional precisa ter um estilo de vida saudável. A prática de exercícios físico é fundamental para a profissão de bombeiro.

Fizemos uma lista de atividades físicas que você, bombeiro ou futuro bombeiro, pode começar fazer para melhorar potencialmente seu condicionamento físico.

HIIT

Os circuitos curtos e intensos do HIIT são tendência mundial em atividade física para quem não tem tempo e precisar melhorar ao máximo seu condicionamento físico.

HIIT (sigla em inglês para High Intensity Interval Training ou treinamento intervalado de alta intensidade) é uma ótima atividade física para queimar calorias, ganhar massa magra e fortalecer o sistema cardiovascular.

Para o bombeiro que busca queimar gordura da barriga e não deseja tomar remédio para perder barriga, praticar esses exercícios podem ser a solução.

O motivo é que o HIIT ajuda queimar calorias, principalmente da região abdominal. Por isso, ele é um ótimo exercício para definir o abdômen e todo o corpo.

No geral, o HIIT provoca a diminuição da necessidade de oxigênio para o sistema aeróbio e melhora o condicionamento físico.

O canal do Sérgio Bertoluci possui muitos vídeos sobre HIIT, veja um exemplo abaixo:

Musculação

A musculação é um ótimo exercício para aumentar o condicionamento físico.

Principalmente, por que a musculação ajuda fortalecer os ossos evitando a osteoporose grave que pode atingir os profissionais de bombeiro.

Além disso, a prática da musculação ajuda a aumentar a força muscular, melhora o equilíbrio e a postura, ou seja, praticar musculação contribui para a execução das tarefas rotineiras de um bombeiro.

Afinal, para ser um ótimo bombeiro é necessário ter força muscular e ter uma ótima postura da coluna.

Acompanhamento médico

Para resultados mais interessantes e rápidos é imprescindível ter um acompanhamento médico.

Pois é através do acompanhamento médico que é feito exames para traçar a melhor estratégia para seu corpo ganhar mais força, massa magra e condicionamento físico.

Por esta razão uma maior interação sobre a importância de um acompanhamento médico precisa ser adotada pelo profissional de bombeiro.

Afinal, nossa saúde é muito delicada e quanto mais pudermos zelar por ela, maior será a expectativa de vida e melhor será sua carreira de bombeiro. Além disso, o acompanhamento médico é fundamental para o bombeiro por que o mesmo precisa prevenir eventuais doenças que podem atrapalhar sua carreira profissional.